Fighting Fantasy: Blood of the Zombies

Posted by:

Ian Livingstone, presidente vitalício da Eidos Interactive, um dos criadores da série Fighting Fantasy e fundador da poderosa Games Workshop, anunciou seu retorno ao gênero que iniciou sua carreira na indústria dos games com um novo livro, Blood of the Zombies.

Blood of the ZombiesNos livros da série Fighting Fantasy  o leitor escolhe seu próprio caminho para a vitória, passando por lugares como A Cidadela do Caos , A Mansão do inferno e a Cripta do Feiticeiro. “Quando o 30 º aniversário de O Feiticeiro da Montanha de Fogo (o primeiro livro da série) estava se aproximando, pensei que seria ótimo celebrá-lo”, disse Livingstone.

Como não pode ter Steve Jackson (o da Games Workshop, não o da Steve Jackson Games) a bordo novamente, Livingstone decidiu não revisitar sozinho o “Feiticeiro da Montanha de Fogo”.

Ao invés disso ele optou por um tema mais atual, Hoorror & Zumbis – um gênero que Livingstone nunca havia abordado, mas que a série Fighting Fantasy  já havia mergulhado várias vezes através de outros escritores.

“Eu realmente gostei de fazer isso”, disse Livingstone: “Eu tinha esquecido como é divertido escrever estas aventuras, criando caminhos tentadores para atrair pessoas, que não sabem que estão indo de encontro a uma morte horrível se escolherem aquele caminho.”

Nos livros, você assume o papel de um herói de fantasia – um mago, guerreiro, ladino ou algo semelhante – enviado em uma missão. O objetivo poder ser qualquer coisa de “encontrar o tesouro” até simplesmente “sobreviver”. Falhar normalmente significa morte.

Para jogar, você começa na sequência de abertura do livro e depois escolhe qual caminho tomar, talvez aquela sala a esquerda tenha uma pista vital, ou talvez a ponte sobre o rio subterrâneo leve a algum lugar interessante…

Livingstone não espera que o livro reviva a febre vista nos anos 80 pela série Fighting Fantasy, mas ele já tem uma horda de fãs devotos investindo no projeto via Twitter. Além do livro, Blood of the Zombies também será lançado para dispositivos móveis em agosto de 2012.

Via Eurogamer e The Escapist.

1
  Artigos Relacionados

Comments

Add a Comment