Review Ubongo

Posted by:

pic892275

Introdução:

Não se assuste com o nome, você não vai entrar na selva africana e lutar contra tribos. Você vai “entrar” no tetris e lutar contra o tempo. Apesar do nome e cara africanos, Ubongo é um jogo abstrato, competitivo e em tempo real.

Simples porém, bem inteligente, como assim? Todos são capazes de entender como jogar, nem todos conseguem terão paciência de jogar. O tema não tem importância, pois não tem historinha nem frescura, mesmo deixando o jogo bonito e exótico, poderia ser qualquer outro tema. O importante do jogo é a rejogabilidade, aleatoriedade, dinamismo e competição.

O Jogo:

As partidas são curtas, literalmente cronometradas. Em cada rodada, os jogadores terão que montar um quebra-cabeça diferente num tempo limite de, aproximadamente, um minuto. O quebra cabeças é encaixar peças, bem parecidas com tetris, num tabuleiro onde elas devem se encaixar perfeitamente. O desafio e a aleatoriedade é devido a troca de tabuleiro e peças a cada rodada.

Enfim, um ótimo jogo, para crianças, famílias ou adultos. Podendo ser jogado durante horas.

Componentes:

Na caixa você encontrará um tabuleiro com vários furos, onde ficarão as gemas coloridas. Uma pequena ampulheta. Um dado estilizado com desenhos tribais. Peões de formas e cores incomuns. Vários tabuleiros pequenos com formas diferentes desenhadas nas duas faces e as famosas, e já conhecidas, peças de tetris.

Tudo muito bonito, exótico e colorido. Isso ajuda na visualização das formas e identificação dos componentes, uma vez que cada jogador terá seu conjunto de 12 peças diferentes e terá que selecionar as peças corretas a cada rodada.

Vamos ao que interessa, como joga esse jogo?!

Game Play:

O tabuleiro com furos, vem em duas partes, deve ser montado. As gemas devem ser distribuídas aleatoriamente até preencher todos os furos do tabuleiro. Isso resultará em 6 linhas com 12 gemas cada uma. Em uma das extremidades do tabuleiro das gemas, ficarão os peões. Cada jogador deve colocar seu peão alinhado com uma das linhas de gemas.

Os tabuleiros menores devem ser separados em uma quantidade divisível pelo número de jogadores. Como fazer isso? Faça uma pilha pra cada jogador, vá colocando 1 tabuleiro em cima de cada pilha até acabar. Se uma pilha ficar maior que a outra, deixe o excedente fora da partida. Embaralhe os outros tabuleiros.

Há dois níveis de dificuldade, sinalizados em cada lado dos tabuleiros por um retângulo verde ou amarelo que circula os símbolos, mesmos símbolos do dado. Antes de iniciar, todos devem chegar a um consenso em qual dificuldade será jogada a partida.

Cada jogador deve receber um conjunto de peças completo, com 12 peças diferentes.

Agora é só começar.

Cada jogador pega um tabuleiro e deixa o lado certo pra cima, ou seja, o lado com a dificuldade decidida no início.

O jogador da vez lança o dado e imediatamente vira a ampulheta para que o tempo seja cronometrado. Tudo que eu falar no próximo parágrafo deve ser executado no tempo da ampulheta.

A face que sair no dado define a combinação de peças que os jogadores utilizarão. Cada tabuleiro tem os mesmos 6 símbolos do dado, que indicam quais são as peças que você deve utilizar pra completar aquele quebra-cabeça. Após separar as peças o jogador deve colocar todas elas de maneira que preencham toda forma indicada no tabuleiro. As peças não podem ficar pra fora e nenhum quadrado deve ficar descoberto.

Simples assim!

Os que terminarem dentro do tempo da ampulheta devem seguir algumas regras. O primeiro que terminar, deve falar alto “UBONGO!”, pra que todos identifiquem que alguém terminou. Então esse jogador pega as 2 primeiras gemas que estiverem na mesma linha que seu peão, depois disso ele pode mover seu peão até duas linhas de distância. Se houver um segundo jogador que termine seu quebra-cabeça também fala “UBONGO!”, porém pega apenas uma gema, e pode mover-se apenas 1 linha. Os demais não fazem nada. Ou, fazem que nem eu, e ficam tentando terminar o quebra cabeça por honra. Se ninguém terminar dentro do tempo, ninguém pega gema nem move o peão.

Depois disso, todos devolvem os tabuleiros da partida, e recebem novos tabuleiros. Outro jogador rola o dado, vira a ampulheta e seguem os mesmos passos, até que não haja mais tabuleiros disponíveis.

Aí o jogo acaba e quem vence é quem tiver maior número de gemas……. DA MESMA COR!!! Siiim amigo, não basta fazer tudo rápido, você deve perseguir as gemas de mesma cor, por isso o direito de mover o peão. Então você deve ser ágil E atento.

 

Dicas:

É um jogo para se divertir e testar o raciocínio rápido. Qualquer um é capaz de jogar, mas pode ter quem fique irritado por não conseguir fazer os quebra-cabeças. Mesmo assim, todos devem pelo menos conhecer o jogo. Quem conhece, deve insistir pra que outros joguem pelo menos uma vez.

Essa dica aparecerá em todas as minhas reviews. Se você tem um grupo que joga sempre e você gosta deste grupo tudo bem, mas se conheceu qualquer jogo em um grupo não usual, antes de decidir se gostou ou não, experimente uma partida com outras pessoas. Pode parecer obvio, mas a diversão pode ser muito maior com as pessoas certas.

É um ótimo jogo para quem tem filhos, pois é simples e ajuda muito a desenvolver o raciocínio espacial.

É muito bom pra quem tem aquele grupo de amigos que não é muito fã de jogos de tabuleiro. Esse é um jogo fácil de qualquer um gostar e uma partida não tomará mais do que 30 minutos e, se gostarem, é possível jogar horas seguidas dele.

Pra quem gosta de fazer dia/noite da jogatina, é bom pra jogar entre uma partida e outra de jogos mais pesados.

 

0
  Artigos Relacionados

Add a Comment