Harper Colins Publicará Livro Perdido de J.R.R. Tolkien

Posted by:

Poucas pessoas se dão conta que J.R.R. Tolkien passou a vida escrevendo, em uma atividade quase compulsiva ao longo dos seus 81 anos de vida.

Prova disso é que passados quase 40 anos de sua morte, continuam aparecendo títulos inéditos de sua autoria. A editora britânica HarperCollins anunciou hoje a publicação de “The Fall of Arthur”, um poema de 200 páginas cuja existência era conhecida por poucos estudiosos do autor da saga “O Senhor dos Anéis”.

O livro foi encontrado e editado pelo octogenário Christopher Tolkien (88), filho do escritor, responsável também pela edição de vários outros textos do pai desde sua morte, como “O Silmarillion” e “Os Filhos de Hurin”.

Com o sucesso da trilogia “O Senhor dos Anéis” no cinema, e com uma nova série de filmes baseados em “O Hobbit”, a procura por novos textos de Tolkien se intensificou. Em apenas duas semanas, as encomendas do livro já ultrapassavam 900 mil cópias, o dobro do esperado pela empresa.

Tolkien-The Fall of Arthur

Em “A Queda de Arthur” Tolkien imprime sua versão dos últimos dias do Rei Arthur, suas batalhas nas florestas saxônicas e as artimanhas para impedir a ascensão do bastardo Mordred ao trono da Bretanha.

A publicação de “A Queda de Arthur” traz ao publico uma das poucas obras de Tolkien consideradas perdidas pelos historiadores. Em “Tolkien: Uma Biografia”, o escritor Humphrey Carpenter cita a obra e o próprio Tolkien menciona “A Queda de Arthur” em cartas para amigos.

Mas o original, que teria sido escrito alguns anos antes de “O Hobbit”  (1937), só foi encontrado por Christopher Tolkien recentemente, em Oxford, Inglaterra. O texto original foi preservado e recebeu a adição de três ensaios, inclusive um que revela ligações entre a obra e “O Senhor dos Anéis”.

“Nunca pensamos que essa obra fosse ver a luz do dia”, declarou Chris Smith, editor da HarperCollins, ao jornal inglês “The Guardian”. “O texto dá nova vida a um de nossos maiores heróis, o liberando das amarras românticas do tratamento de [Thomas] Malory e revelando um Arthur como um indivíduo complexo, que precisa passar por cima da maior das traições para libertar seu reino.”

0
  Artigos Relacionados

Add a Comment