Aventura Solo – Fighting Fantasy

Posted by:

Pessoas, esse é o primeiro artigo que eu escrevo para o novo blog da Rocky Raccoon, e estou muito feliz por ter sido convidado a fazer parte desse projeto. Irei escrever sobre coisas que me derem na telha e que eu tenha algum conhecimento, e que obviamente esteja dentro do universo nerd-rpg. Para comemorar meu primeiro texto aqui, quero falar sobre aquilo que foi responsável por me deixar um pouco mais nerd do que já era e me trazer muitas horas de diversão solitária: os livros de aventuras fantásticas de Steve Jackson e Ian Livingstone. Quem é nerd de carteirinha e tem entre 26 e 35 anos, muito provavelmente já teve algum contato com esses excelentes livretinhos onde a história acontecia de acordo com nossas escolhas. No inicio dos anos 1980, mais precisamente em 1982, Steve Jackson e Ian Livingstone embarcaram na idéia de se jogar RPG sozinho, de forma simples, rapida e fácil, e numa época em que videogames ainda estavam numa fase em que “Pitfall” era o “ó do borogodó”. Surgiu então o mundo de Titan, onde diversas “aventuras-solo” viriam a divertir milhões de crianças mundo afora.

O Feiticeiro da Montanha de Fogo

O Feiticeiro da Montanha de Fogo

Lembro-me muito bem do meu primeiro livro desses: O Feiticeiro da Montanha de Fogo. Nesse livro você é um herói que tem de entrar em um grande labirinto que fica, por incrível que pareça, dentro da Montanha de Fogo. Lembro que foi beeeeem demorado para eu conseguir chegar no fim desse livrinho, e acredito que o fato de eu ter cerca de 10 ou 11 anos na época também tenha contribuído. Outro livro que na época me fascinou muito foi o chamado Fúria de Príncipes que consistia em um livro-jogo duplo. Para mim foi algo fantástico, pois possibilitava até que fosse jogado em dupla, cada um escolhendo seu caminho: o do Feiticeiro ou do Guerreiro, e as histórias eram intercaladas, tendo momentos em que as decisões de um afetavam a história do outro. Joguei bastante esse livro com meu irmão e foi uma das primeiras vezes em que joguei uma aventura com outra pessoa. Depois disso para dar o passo de escolher um sistema e começar a jogar de verdade era questão de tempo, mas isso é uma outra história… Gostaria de fazer uma confissão publicamente nesse momento: eu roubei algumas vezes nas histórias. Principalmente depois de ja estar há mais de uma hora jogando quando você da de cara com alguma frase do tipo: Você caiu numa armadilha e morreu, fim de jogo! Confesso que as vezes (só as vezes) eu voltava para a escolha anterior e se tinha escolhido a porta da esquerda, simplesmente ia para a da direita e a vida continuava. Nada como um RPG com “save game”.

Fantasmas do Medo

Fantasmas do Medo

Foram lançados ao total 45 livros referentes às aventuras fantásticas no Brasil, sendo 37 livros-jogo, 4 livros de apoio (Out Of The PIt – livro de monstros, Titan ­- Cenário de Campanha,  Aventuras Fantásticas – Uma introdução aos RPGs e O Saqueador de Charadas),  2 livros de um sistema de RPG (Dungeoneer e Blacksand) e dois romances (As Guerras de Trolltooh e Demonstealer) No meio de diversas mudanças de casa, casamento e etc, meus livrinhos se perderam no espaço-tempo e hoje tenho ainda apenas o Out Of The Pit e Dungeoneer, que consegui salvar da fúria arrebatadora da minha esposa quando resolve arrumar as coisas, mas estão lá apenas como lembrança de uma época em que minhas preocupações eram mais simples… ai ai… Bom, aproveito o momento de nostalgia para informar (para quem ainda não sabe) que esses livrinhos estão de volta (pelo menos estão voltando). A editora Jambô (www.jamboeditora.com.br) adquiriu os direitos e está lançando-os novamente, dessa vez com o nome original em inglês: Fighting Fantasy. Por enquanto ja foram lançados quatro livros sendo eles: O Feiticeiro da Montanha de Fogo, A Cidadela do Caos, A Masmorra da Morte e  Criatura Selvagem. Os preços variam de R$ 19,90 a R$ 26,90 e você encontra mais informações aqui: http://www.jamboeditora.com.br/produtos/ff.htm

Criatura Selvagem

Criatura Selvagem

Essa foi minha primeira contribuição, aguardo comentários sobre as táticas que vocês usavam para burlar o jogo, e também sugestões para novos temas a serem escritos. Grande abraço a todos e até a próxima.

1
  Artigos Relacionados

Comments

Add a Comment